Gestão de pessoas: coaching como prática para melhorar o desempenho da equipe

O aprimoramento de competências e o desenvolvimento de novas habilidades são dois objetivos do processo de coaching. Isso, geralmente, é alcançado com motivação, foco e persistência. Para chegar a algum lugar, antes é preciso definir o caminho até ele. Este é o método trabalhado no coaching: a definição de um ou mais objetivos e das metas necessárias para alcançá-lo. O processo pode ser utilizado para desenvolver diversas áreas da vida, tanto profissional quanto pessoal.

O coaching faz uso de variadas técnicas para promover o autoconhecimento, a automotivação e para potencializar habilidades e competências. Por isso, é um método que oferece apoio para o desenvolvimento pessoal e profissional.

Coaching e o desempenho da equipe

O aperfeiçoamento das competências pessoais se reflete na produtividade de um colaborador. Identificar pontos que precisam ser trabalhados e utilizar técnicas de coaching para potencializar habilidades naturais é uma prática que resulta no desenvolvimento profissional do funcionário. Este aprimoramento tem como consequência pessoas mais motivadas e produtivas na equipe. Confira algumas melhorias que o processo de coaching pode trazer:

Aprimoramento de competências

Dentro de uma equipe existem diversos perfis diferentes. Cada colaborador apresenta suas próprias características positivas e pontos que podem ser melhorados. Os aspectos benéficos podem ser potencializados, enquanto as características contraproducentes podem ser eliminadas ou trabalhadas para que sejam revertidas em bons resultados. Dessa maneira, as competências pessoais de cada membro da equipe ganham espaço para crescer durante o processo de coaching.

Desenvolvimento de novas habilidades

Outra característica do coaching é a identificação de aptidões que precisam ser desenvolvidas para que determinado objetivo seja alcançado. Esta metodologia busca treinar habilidades que já existem e também desenvolver novas capacitações, por meio de atividades e práticas que ajudam a promover o aperfeiçoamento profissional. A proatividade, a autoconfiança, características de liderança, o foco nas atividades e outros aspectos podem ser descobertos e treinados com esta técnica.

Gerenciamento de tempo

Um fator diretamente relacionado à produtividade é o bom gerenciamento do tempo. É esta capacitação que faz com que o colaborador saiba como priorizar suas atividades de modo a trazer os melhores resultados para a equipe. Uma boa gestão de tempo passa por um bom planejamento das atividades. Existem também algumas técnicas que ajudam a gerir bem o tempo, algumas desenvolvidas especialmente para quem tem dificuldade de concentração e que se distrai com facilidade. Um exemplo é a técnica Pomodoro, que é um método baseado em períodos mais longos de trabalho, intercalados por curtos intervalos. Este é um exemplo de aptidão muito trabalhado durante o processo de coaching.

Colaboradores mais motivados

O processo de coaching busca principalmente o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas. Quando esta prática é disponibilizada para os colaboradores da empresa, ela traz resultados que refletem na melhora do desempenho de toda a equipe. Um aspecto importante trabalhado durante o coaching, é a motivação para promover o aperfeiçoamento das aptidões pessoais. Normalmente, a metodologia inclui metas traçadas que buscam alcançar determinado objetivo.

Cada meta alcançada estimula ainda mais o colaborador, que desenvolve características que melhoram a sua performance profissional. Em consequência, há maior produtividade na equipe. O coaching trabalha com um conjunto de estratégias que promovem o bom gerenciamento do tempo, a proatividade e a satisfação dos colaboradores. Uma equipe motivada trabalha muito melhor!

Gostou das melhorias promovidas pelo processo de coaching? Compartilhe sua opinião nos comentários.

No Comments Yet.

Leave a comment

Current ye@r *