7 itens que você deve levar em conta na hora de alugar um imóvel

alugar um imóvelPara quem quer sair da casa dos pais e morar sozinho, ou planeja começar uma vida tendo ao lado o companheiro, entre outras circunstâncias da vida, alugar um imóvel pode se mostrar como uma ótima perspectiva. Mesmo com o entusiasmo à flor da pele, ainda na etapa de pesquisa pela casa ou apartamento onde se vai habitar, é muito importante manter-se atento a alguns detalhes e aspectos, para que as coisas não comecem a dar errado em um período que se imagina que vá ser tão próspero e agradável. Quer descobrir alguns desses itens? Confira o nosso post de hoje!

Veja a localização

Onde o imóvel está localizado é um fator importantíssimo, não só por conta da infraestrutura que é oferecia em seu entorno, facilitando o acesso às vias, bem como ao comércio, hospitais e escolas, mas também no que se refere a aspectos tão diversos, quanto índice de violência no lugar ou barulho na vizinhança. Deve-se entender como a localidade funciona e quais seriam as vantagens que ela proporciona para você, em relação às suas demandas.

Raciocine sobre quanto vai gastar

Neste aspecto, não deve ser considerado apenas o valor de aluguel, mas também impostos, tal qual o IPTU (que geralmente é negociado para o inquilino pagar), e as taxas de condomínio, se for o caso, entre outros componentes que podem impactar nos gastos que você terá sozinho ou com sua família para morar no lugar.

Calcule o tempo de deslocamento até o trabalho

Às vezes seu orçamento fica perfeito para residir em um imóvel, mas que fica muito longe de onde você trabalha ou precise ir constantemente, como a faculdade, por exemplo, se ainda for estudante. É importante refletir sobre a fase de sua vida e seu perfil, de modo que o imóvel seja um ponto a favor de sua rotina.

Faça uma vistoria no imóvel

É importante realizar uma vistoria minuciosa no imóvel, não só para investigar suas condições físicas, mas também para identificar quais e quantos seriam os móveis, utensílios e artigos que estão disponíveis no lugar. Faça uma listagem de tudo e assine-a, junto com o locador. Assim, haverá mais segurança para todos, sem deixar dúvidas no futuro sobre o que estava ou não no imóvel originalmente. Vale a pena também verificar vagas de garagem e outros benefícios que fiquem na parte externa da residência.

Constate se não há pendências do imóvel

É bastante conveniente verificar se não há IPTU atrasado ou taxas condominiais não quitadas, bem como contas de energia elétrica ou gás antigas, entre outras, antes de fechar o contrato de aluguel e se mudar para o local. Deve-se ter a certeza de que o senhorio tem idoneidade e boa-fé, e não pretende empurrar dispêndios extraordinários para você — ainda que não sejam de sua responsabilidade.

Leia atentamente o contrato de aluguel

É importante assinar um contrato de locação, ainda que a estadia no lugar seja por uma curta temporada. Desta forma, os termos ficarão inequívocos para todos, tanto quanto as datas de entrada e saída do imóvel, como a forma de pagamento e as responsabilidades de cada parte.

Veja as regras do condomínio

Se a escolha for para se morar em um apartamento, deve-se ficar a par das regras instituídas para o bom convívio naquele condomínio. É importante ler a Convenção do Condomínio e, se houver, o Regimento Interno, a fim de saber a etiqueta exigida para certos locais, os horários de limite para determinadas atividades, entre outras combinações aceitas coletivamente.

Mudar para um imóvel alugado pode representar um grande sonho se tornando real, mas é preciso ter bom planejamento e tomar muitos cuidados para que os reflexos desta importante decisão sejam positivos. Você está pensando em alugar um imóvel atualmente? Qual outro detalhe você está levando em consideração na escolha do local? Deixe um comentário e participe da conversa!

Leave a comment

Current ye@r *